16 de março de 2014

Um dia louco com muito mal estar

Na terça feira passada eu e maridex fomos na consulta quinzenal com a GO e tudo estava muito bem. Eu não tinha nenhuma queixa, a consulta foi bem rápida porque não havia nenhum problema. Comentei com o maridex que isso era quase "chato", ir quinzenalmente na clínica pra simplesmente não ter nada, ser tudo muito tranquilo sem nenhum problema. Eu disse que gostaria que continuasse assim, é claro. Mas no dia seguinte tudo mudou.

Pra começar acordei na quarta com muita dor de garganta e ela ficou doendo o dia todo. Sei que não era nada grave porque não tive dor no corpo, nem febre ou outro sintoma. E fiquei também tranquila porque eu já tomei a vacina de gripe bem no início da gravidez. Por mais que ela não proteja contra todos os tipos de vírus que podem causar gripe, ainda assim me sinto protegida.

A noite eu e maridex tivemos um "date", jantamos fora num restaurante legal e  depois fomos ao cinema. Voltamos pra casa e eu estava lavando meu rosto no banheiro quando a minha narina direita começou  a sangrar. E sangrava muito! Sempre digo isso e repito: informação é tudo! Eu já sabia que sangramento no nariz é comum durante a gravidez e eu já apresentava pequeno sangramento na narina, mas era sempre só uma melequinha de sangue que eu via no nariz de manhã quando eu acordo, e nunca tinha vazado sangue daquele jeito. Aliás, em toda a minha vida eu tive sangramento no nariz uma vez só, depois de fazer mergulho com cilindro, uma experiência maravilhosa que eu nunca mais quero repetir.

Nos segundo e terceiro trimestres de gravidez este problema é muito comum, porque o volume de sangue no nosso corpo aumenta em até 50% em poucos meses. Como as pequenas veias no nariz são muito sensíveis elas podem se romper, causando o sangramento. Quando isso acontece não devemos colocar a cabeça pra trás e nem deitar, mas sim tampar o nariz com a cabeça inclinada pra frente. Colocar gelo também pode ajudar. Mesmo sabendo disso fiquei um pouco assustada com a situação, mas passou e fomos dormir.

Durante a noite tive sonhos bem estranhos e ruins, e acordei com uma baita câimbra nas duas pernas. Elas doíam tanto que pensei que não ia passar. Essa é outra coisa bem comum durante a gravidez e as causas são incertas, pode ser por conta do útero pressionar algum nervo ou excesso ou falta de algum mineral no corpo. De todas as formas o que devemos fazer é contrair o músculo que está com câimbra para o lado contrário. Passou. Mas depois disso acordei novamente durante a noite pra usar o banheiro e outras vezes acordei com calor, toda suada.

Depois de dormir mal a noite, acordei com a garganta doendo mais ainda, o nariz super seco como anda acontecendo todas as manhãs neste inverno bravo, e a novidade foi uma baita dor de cabeça. Decidi ficar com os olhos tapados pra dor melhorar. O maridex avisou no trabalho dele que ele chegaria mais tarde pra cuidar da esposa grávida que estava bichada. Ele me trouxe café da manhã na cama e por lá fiquei mais um tempo. Tudo foi melhorando e o maridex saiu pra trabalhar.

Eu fiquei lendo e estava meio enjoada. Mas isso não faz mais parte da minha vida, isso acabou no segundo trimestre, então decidi que não iria vomitar. Mas quando fui usar o banheiro, às 11 am, não teve jeito. Vomitei tudo que eu tinha comido de manhã. E aí a minha cabeça parecia que ia explodir de tanta dor. Voltei pra cama e fiquei com os olhos tapados e dormi até 1:30 pm. Acordei sem dor, mas estava muito fraca. Fiz uma canja de galinha, tomei e fiquei descansando o dia todo. Não fiquei preocupada porque não apresentei febre ou diarreia. O vômito pode ter sido só por conta da enxaqueca, ou talvez cansaço.

Na sexta eu já estava zerada, aproveitei o dia para lavar parte das roupas da Sementinha. Lavei tudo na mão com sabão de coco (Made in Brazil, of course) e isso me deu cansaço, mas uma sensação boa de parte do dever cumprido.

Na noite de sexta usamos o nosso novíssimo umidificador. É uma das coisas que ajudam a evitar o ressecamento e sangramento do nariz. Durante o inverno rigoroso o ar fica muito seco e o aquecedor dentro de casa aumenta este problema. Agora o nosso quarto a noite, nas palavras do maridex, parece uma floresta tropical, enquanto o resto da casa é como um deserto. Ótimo, to adorando dormir na selva!



17 comentários:

  1. Me emocionei muito com o relato da sua publicação anterior... Muito linda a história do seu casal de amigos!!!! Quanto a sua atual publicação fico feliz que o mal está já tenha desaparecido e que vc e sua sementinha estejam bem!!! Bjos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lyanna! Linda mesmo a história deles! E a bebê Nora tá uma fofinha!
      Beijos!

      Excluir
  2. aconteceu comigo no final da gravidez as câimbras aiiii como doi e o nariz sangrando e normal mais sempre precisamos ficar atentas a tudo bjs mt saúde

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Elaine! Muita saúde pra você também e pro seu filhote!

      Excluir
  3. Certamente o enjoo todo foi por causa da enxaqueca. Eu sofria muito com isso na adolescência e fiquei morrendo de medo de ter na gravidez, mas não aconteceu. Sei exatamente da dor. É sofrível! Mais ou menos nessa altura da minha gestação, tive uma gripe braba por não ter tomado a vacina. A barriga comprimia o estômago e eu não conseguia tossir sem vomitar.
    Mas a falta de umidade em casa é uma vilã mesmo no inverno! Abusa do umidificador!
    Beijos e saúde!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Romana, eu também já tive muita enxaqueca, e elas as vezes me faziam vomitar. Mas durante a gravidez foi a primeira vez (e espero que última também, oremos!).
      Beijos!

      Excluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Menina que chatice esse mal estar todo a essa altura do campeonato quer dizer da gravidez neh?!
    O importante é que tuuudo se normalizou e vocês estão bem.... se cuida Rita!!!
    Bjus
    http://seraquevousermae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To me cuidando sim, obrigada Mima! Beijos!

      Excluir
  6. Eu ja tive sangramento nasal, de pingar na roupa! é chato, mas comum!

    Que bom q vc já está melhor!

    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Laura! Puxa, pingar na roupa é demais! Bom ter sempre uns lencinhos na bolsa...
      Beijos

      Excluir
  7. Tive sangramento nasal tb, Rita! Mas foi pouquinho. E tive muuuuuita caimbra, de chorar!!!!! Espero que logo vc melhore!! Lembro que passei as roupinhas do Dan foram passadas com agua de alfazema...tão gostoso!!! Huuummm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Myriam! Hum... água de alfazema, que delícia!

      Excluir
  8. Ai Rita, que zica! Quem disse que vida de grávida é fácil né?! Mas vale tudo a pena, com certeza!

    Não tive sangramento no nariz, nunca, espero não ter também hehe

    Que bom que tu já está bem agora, foi apenas um dia ruim.

    beijo nas duas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nicole, também espero que você não tenha, é meio feio e desesperador...
      Beijos!

      Excluir
  9. Ainda que passe com muitas e não seja alerta de nada, precaver vale a pena.
    Não recordo de sangramentos nasais, mas as gengivas, sim. Quase sempre sangravam. :D Selva de neve hehe Põe fotos da barriga, neve, números, balanças! Estamos curiosos rss bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jorge! Vou colocar fotos sim! Olha que eu amo fotografia, até compramos uma lente nova pra nossa camera, mas to tão devagar...
      Beijos!

      Excluir

Leu? O que achou? Deixe aqui seu comentário, que logo eu respondo. Para ver a resposta não se esqueça de marcar o quadradinho Notifique-me, em baixo.