3 de maio de 2014

Dicas de llivros para tentantes, grávidas e mamães

Sei que os bebês nascem sem manual de instrução, então é melhor a gente tentar aprender o máximo possível e nos preparar para essa grande aventura de ser pais. Antes de engravidar eu já lia muito sobre gravidez e maternagem, blogs, notícias na internet e alguns livros. Depois de engravidar li mais alguns livros e vou deixar aqui os que eu  mais gostei. No geral acho que o melhor é começar a ler antes de engravidar de fato por dois motivos: primeiro que a gravidez passa depressa demais e muitas vezes um dos efeitos colaterais da gravidez é a preguiça e segundo porque é bom ter conhecimento antes da batata quente estar no nosso colo.

Livros sobre gravidez - É bom ter na cabeceira um (ou alguns) livros sobre a gravidez. Aqui eu tenho 3, cada um tem um estilo de escrita diferente, e o que eu mais gosto é o "I'm pregnant!", da Dra. Lesley Regan. Também tenho a versão em inglês do "O que esperar quando você está esperando", de autoria de de Arlene Eisenberg, Heidi Murkoff e Sandee Hathaway, mas não gosto tanto e durante a gravidez eu não consulto ele com tanta frequência. Qualquer que seja o livro, é legal ir acompanhando durante o decorrer da gravidez, semana por semana, mas eu aconselho fortemente as tentantes a começarem a ler antes do positivo chegar.



A Maternidade e o Encontro com a Própria Sombra, da Laura Gutman - Eu li este livro antes de engravidar e ele deve ser leitura obrigatória pra toda mulher que quer ser mãe um dia. É profundo e trata das mudanças psicológicas e um mar de sentimentos que vem com a maternidade. 



Parto Ativo, da Janet Balaskas - Este livro é excelente, também recomendo que seja lido antes da gravidez, e relido durante, principalmente as dicas de exercício que são ótimas. Se você quer ter um parto normal, é leitura obrigatória, se não, leia de toda forma, com a cabeça aberta às informações que o livro traz, como sobre a fisiologia do parto e exercícios de yoga que podem ser muito úteis. 




Besame mucho, do Carlos González  - Há várias teorias e jeitos diferentes de se criar filhos. É importante que os pais decidam antes do nascimento como o filho será criado. Se você ainda está decidindo ou já se decidiu pela criação com apego, este livro é obrigatório. O autor consegue se expressar muito bem, empoderar o leitor e fala sobre como os pais devem confiar nos seus instintos. Tenho a versão em português em pdf, e o arquivo está disponível no facebook, no grupo Gravidez, Parto e Maternidade.



O bebê mais feliz do pedaço, do Dr. Harvey Karp - Tenho a versão em inglês deste livro e ele traz a teoria de que após o nascimento, durante os 3 primeiros meses de vida, o bebê vive o chamado quarto trimestre, que apesar dele passar aqui de fora do útero, ele ainda precisa de um carinho especial. Ele ficou acostumado com o calor e toda a sensação de dentro do útero, por isso é tão bom enrolar o bebê e ter contato próximo com ele, pele com pele, principalmente com a mãe.



O Livro da Maternagem - Ele pode ser comprado na lojinha do Blog Cientista que virou Mãe. Aborda vários temas da maternidade, sempre destacando o cuidado, a afetividade, amor e respeito pelas crianças. Mais uma vez, é ótimo pra quem quer criar com apego, ou quer saber mais sobre.



21 comentários:

  1. Amei as sugestões dos livros!!! Assim que tiver um tempinho vou me debruçar sobre alguns deles!!! Bjos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lyanna! Vale a pena mesmo ler antes de engravidar. Beijos

      Excluir
  2. Adorei o post!!

    Tb achei o Parto Ativo imprescindível e sou fã de carteirinha do Carlos Gonzales!!!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Gabi! Olha, somos então duas fãs de carteirinha do Gonzalez! Beijo

      Excluir
  3. Excelentes dicas, Rita!! O da Laura me emociona sempre!!! Deveria ser leitura obrigatória mesmo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Myriam! São leituras obrigatórias mesmo. Não canso de dizer que conhecimento é poder!!

      Excluir
  4. Rita, já li alguns deles, mas meus favoritos são os da Laura Gutman e Carlos Gonzáles. Estou esperando o meu Parto Ativo chegar, tô ansiosa pra ler. rsrs! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talita, eu aposto que você vai amar o parto ativo! Beijos!

      Excluir
  5. Oba! Tô lendo o da Laura Gutman e já li o do Carlos González. Com certeza lerei mais todos estes.

    Acho que sou viciada em maternidade. Oh God.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, somos duas viciadas nesta tal maternidade, rs!

      Excluir
  6. Adorei o nome do blog!! E o post também, claro =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabriela! Obrigada pela visita!

      Excluir
  7. Ainn, preciso desses livros! Todos!
    Valeu pelas dicas, Rita. Agora vou correr atrás.
    Bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamires! Corre atrás sim! Boa leitura pra você.

      Excluir
  8. Oieeeee passei aqui pra ter noticias suas e da Sementinha, ta tudo bem??
    Aparece.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mima, tudo bem sim, obrigada! Acabei de escrever post novo. To sumidinha por causa do cansaço de final de gravidez mesmo... Mas vou tentar aparecer mais por aqui!
      Beijos!

      Excluir
  9. Minha linda obrigada por compartilhar essas sugestões de livros, amei e vou tentar ler pelo menos um deles, o da Laura Gutman, achei bem interessante...
    e como vcs estão???
    Bjokas

    http://elomaterno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Rita, tudo bem? Estou de 24 semanas, tbm não moro no Brasil e queria muito ler o parto ativo da janet balaskas, mas está impossível de comprar. Tudo esgotado no brasil. Vc teria por acaso um PDF do livro pra me mandar? Bjs Tati

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tatiana! Eu não tenho ele em pdf. Peguei ele emprestado com a minha irmã. Uma dica pra você: se voce mora nos Estados Unidos, no amazon.com tem ele em português provavelmente. Boa sorte!

      Excluir

Leu? O que achou? Deixe aqui seu comentário, que logo eu respondo. Para ver a resposta não se esqueça de marcar o quadradinho Notifique-me, em baixo.