8 de julho de 2015

Como foi a nossa viagem de férias

No último post falei sobre como é viajar de avião com a Liana. Agora voltei pra contar um pouco como foi a nossa viagem de férias. Nós ficamos fora por 17 dias e fomos pra 4 países diferentes nesse tempo. Sim, nós somos meio loucos! Pra falar a verdade eu estava morrendo de medo da viagem porque eu achava que era lugar demais pra irmos com uma bebê de 12 meses. E foi! Mas deu certo e foi tão lindo!

O plano inicial era irmos pra Itália. Temos um casal de amigos que estão morando em Milão e queríamos muito ir pra vê-los, apresentar a Liana para o filho deles de 2 anos (aha, quem sabe rola um namoro mais tarde, rs?!), comer muita massa e gelato, praticar nosso italiano que era quase zero antes, e passear por lugares lindos. Mas não tem como ir pra Europa e não visitar a tia do maridex, então acrescentamos a Inglaterra. Também temos uma amiga brasileira e uma americana que vivem na Suiça, então planejamos passar um fim de semana por lá pra encontrar com ambas. Assim que fomos comprar as passagens vimos que pela Iceland Air poderíamos fazer uma conexão longa na Islândia sem pagar nenhum custo adicional. Então decidimos dar uma parada lá, ficar apenas 2 dias antes de irmos pra Inglaterra.

Dos perrengues:

- A mudança de fuso horário enlouqueceu a Liana. Na primeira parada, Islândia, eram 4 horas a mais, depois fomos pra Inglaterra onde eram 5 horas a mais e por fim Suiça e Itália, 6 horas a mais. Foi bom a ordem que fizemos, para a diferença de horário ir aumentando, mas ainda assim as primeiras noites foram caóticas. Era meia noite na Islândia e a Liana não queria dormir de jeito nenhum porque pra ela ainda era 20 hs, e ela costuma ir pra cama às 21.

- Pra piorar a situação, durante o verão na Islândia nunca escurece. O sol até se punha por volta da meia noite, mas ficava ainda claro a noite inteira. Até o sol voltar com tudo as 4 da manhã. O apartamento que ficamos tinha cortina, mas havia umas frestinhas por onde entrava um pouco de claridade de fora. Isso dificultou muito o sono da Liana.

- Na Inglaterra ainda tivemos noites difíceis, mas no final da nossa estadia por lá a Liana finalmente se acostumou com o fuso horário diferente. Adotamos tanto lá quanto na Suiça a rotina de almoçar ao meio dia, ela sonecava após o almoço e o jantar era por volta das 19 horas. Perfeito! Até que fomos pra Itália e lá o jantar era sempre às 22 hs, e o almoço também mais tarde. Por conta de ser tão tarde a Liana sempre estava muito nervosa e cansada tanto pro almoço quanto para o jantar. Sempre antes de jantarmos era muito choro e a Liana praticamente não conseguia comer.

- A solução pra esses momentos era muito colo e peito. Ela mamou muito mais do que ela estava mamando antes de viajarmos. Ficamos na Itália com nossos amigos, alguns dias hospedados na casa deles e outros viajamos juntos e ficamos em hotéis. A diferença de criação chegou a ser um problema. A nossa amiga não amamentou o filho e ela achou muito estranho a Liana não comer direito e ainda mamar peito sendo já tão velha (oi?!?). Ela chegou a me dizer que achava que a amamentação era uma etapa que devia ser encerrada logo. Com muita paciência eu disse que pretendo amamentar até os 2 anos, que eu gostava muito de dar mamá, que era muito bom pra mim e pra Liana, que o peito não é só comida, é um carinho, um aconchego. Como eu amamentava toda hora e a nossa anfitriã tem um filho e está grávida do segundo, ela me perguntava muita coisa sobre amamentação, e ela ficou chocada com a quantidade de comida que eu comia. Sério, éramos 4 adultos e eu era a que comia mais. Comi como um ogro num corpinho que veste 36. Ela não compreendia como isso era possível.

Das maravilhas:

- Passear com a Liana foi muito legal e ela no geral se comportou muito bem. Também foi gostoso podermos visitar com ela tantas pessoas queridas.

- Eu fiquei muito receosa de colocar a Islândia no roteiro, mas foi uma das coisas mais incríveis que fiz na minha vida: tomamos um banho quente num riozinho natural e em nossa volta tinha neve de tão frio. E a nossa Monstrinha curtiu bastante!

- Ficar poucos dias em lugares diferentes quebra muito a rotina e é dificil para o bebê, mas para ser mais fácil alugamos apartamentos em algumas das cidades que fomos, e isso ajudou bastante: podermos preparar o nosso café da manhã, fazer o nosso próprio horário sem se preocupar com horário em que é servido o café da manhã. Ficar na casa da tia do maridex também foi ótimo, lá tivemos uma rotina muito bacana e nos sentimos em casa mesmo.

- A comida italiana foi tão boa! A Liana praticamente não comeu, mas eu comi pra caramba, tomei gelato todos os dias e o gelato de nutella talvez seja o sorvete mais gostoso que já tomei. Ou talvez o segundo mais gostoso, é difícil decidir entre ele e o de doce de leite da Freddo que tomei na Argentina.

Viajar com criança é difícil, sair da rotina é complicado, mas acredito que vale muito a pena. Acho que é enriquecedor tanto para nós adultos quanto para as crianças. Todas as viagens que fazemos com a Liana noto que ela se desenvolve demais. Nós viajamos com uma bebê e voltamos praticamente com uma adolescente!

Aqui algumas fotos com um pouquinho das nossas férias em família:


Fazendo trilha na Islândia


Banho quentinho com direito a tratamento estético

Voltamos com a aparência de 10 anos mais jovens depois de usar o barro do vulcão islandês


Aprendi a cozinhar ovo com o vapor de vulcão



Comemos os ovos cozidos no vulcão e aprovamos!

Depois de tanta aventura, Liana dormiu dentro da mochila


Já na Inglaterra, o maridex fez uma coroa de margaridas pra Liana

Quem diria, na Inglaterra a Liana encontrou uma rede preguiçosa pra deitar!

Na Suiça: a Bela e a Fera

Olha a foto! Em Basel, na Suiça

A Catedral de Milão ao fundo

Na Bela Itália

Montando o leão que fica em frente da Catedral de Genova

Família feliz num dos últimos dias de viagem, em Genova



12 comentários:

  1. Que delícia de viagem! Amei as fotos, o roteiro, as estórias de viagem. Não surpreende que ela tenha voltado mais amadurecida. Também fico com essa sensação quando levamos a nossa abelhinha para passear.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Opi! Isso é uma das coisas mais legais de viajar: voltar com muitas estorias!

      Excluir
  2. Rita, que delícia essa viagem! Concordo plenamente com vc: como nossos bebês amadurecem quando viajamos juntos! Acho que é porque eles têm as companhias dos pais 24h (às vezes um trabalha, ou até mesmo os dois).
    A Liana é uma monstrinha sortuda! Quanto lugar lindo já conheceu, mesmo sendo tão pequenina?! E a carinha dela de felicidade nas fotos? Quer prova maior que isso de que vale muito a pena esse programa?
    Agora, minha amiga, quanto à comilança num corpinho que veste 36 é bênção de Papai do Céu - agradece! Porque tem gente (como eu) que nem com amamentação exclusiva tem esse privilégio de comer muito e ser praticamente uma Gisele B. :)
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Naty, obrigada pela comparação com a Gisele, haha! Eu adoro ela!

      Excluir
  3. Nossa que sonho conhecer tantos lugares!!!
    Rita faz sim as fotos vc vai ver como ela vai se divertir e se possível entrem na bagunça, meu marido é mais tímido mas eu sempre entro nas farras da Lorena !!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzy, eu até entraria na bagunça com a Liana, mas não vai dar, porque eu que tirarei as fotos ;)

      Excluir
  4. Rita, que delícia uma viagem dessa!!!!!
    Liana já é cidadã do mundo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari! Ela é sim, e adora viajar!

      Excluir
  5. Gente, esta menininha já foi em lugar que nunca sonhei ir... Lindas fotos!
    Abração!

    ResponderExcluir
  6. Rita!! Quanto tempo...ainda estou fora da órbita..vc entende, né?! Que viagem linda fizeram!! Não vejo a hora de explorar o mundo agora com minha 2 mochilinhas!!! Liana tá uma fofa!!! Parabéns!!! Nem post mais consigo escrever...hahahahahahaha
    Mas a gente sabe que os perrengues passam, né?!
    Bjks!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu entendo Myriam! E como eu entendo! Mas aos pouquinhos você vai voltando a órbita. Beijos!

      Excluir

Leu? O que achou? Deixe aqui seu comentário, que logo eu respondo. Para ver a resposta não se esqueça de marcar o quadradinho Notifique-me, em baixo.