14 de outubro de 2014

Amamentação - parte 3: Alergia

Eu sinto que já faz algumas décadas que eu não posto no blog. Na verdade não faz tanto tempo assim, mas há muitos dias eu quero contar aqui sobre alergia da Liana.

Eu poste aqui sobre o problema que a Liana estava tendo. Lá contei que de início eu tinha certeza que só poderia ser alergia a alguma coisa que eu comia, mas depois descobrimos que poderia ser hiperlactação. Fiquei algumas semanas fazendo de tudo para resolver o problema da hiperlactação e cortei leite e derivados da minha dieta. O que aconteceu foi que o meu leite diminuiu consideravelmente - agora não fico mais com os peitos vazando com tanta frequência, e meus peitos não ficam super cheios e doloridos. Mas a Liana ainda continuava com problemas: fezes na cor verde escura, com presença de sangue, ela tinha muita cólica e sempre brigava com meu peito, tipo numa relação de amor e ódio ao mesmo tempo. Até que em uma semana ela piorou muito, ficou muito agitada e chorava sempre quando eu ia amamentar, mesmo quando eu sabia que ela estava com fome. Eu pensei no que eu tinha comido durante aqueles dias. Nada tinha leite. Mas lembrei do bolo de laranja delicioso que fiz e comi bastante. Devia ser isso!

Fomos novamente na pediatra e contei a ela sobre o bolo. Então resolvemos continuar a minha dieta sem leite, e cortar também todo o glúten. Cortar leite e derivados já era um pouco difícil, mas agora também cortar o glúten, pra mim parecia impossível! Mas na realidade foi mais fácil do que pensei. Comendo em casa é fácil. Em casa eu faço sempre biscoito de polvilho com coco ralado, e aprendi a fazer bolo com arroz. O último que fiz ficou fofinho e gostoso. O mais difícil é quando vamos a restaurantes. Então passamos a comer menos fora de casa e quando fazemos, vamos a restaurantes que são bons com alergia alimentar.

Com essa alergia estamos indo na pediatra da Liana a cada duas semanas. Sempre quando vamos ela nos dá uns envelopinhos que são exames de fezes para verificar a presença de sangue. Iremos voltar na pediatra quinta feira desta semana e tenho aqui 4 envelopinhos. Então no domingo passado já usei o primeiro exame. E usarei um exame para cada dia antes do dia da consulta. Quando a Liana faz cocô eu abro o envelope e coloco um pouco das fezes em dois quadrados e fecho o envelope. Do lado de fora eu escrevo a data. Quando chegamos na medica, ela abre cada envelope e aplica um reagente. Dependendo da cor sabemos se há ou não presença de sangue nas fezes. É muito prático e fácil de usar.

Eu tenho muita esperança de que quinta feira quando a pediatra colocar o reagente em todos os exames não haverá sangue. Ela já está muito melhor, e isso é visível. E se for assim eu poderei voltar a consumir leite e derivados aos poucos. E vou observar a reação da Liana. Se ela ficar bem, a alergia é só a glúten.

Daqui a menos de 2 semanas estamos indo pro Brasil e lá sei que será mais difícil manter a minha dieta. Aqui na gringolândia eu compro pão e vários outros produtos que são glúten free, e no Brasil isso não é tão fácil de achar. Acho que porque na Gringolândia há muitas pessoas com alergia, principalmente celíacas.

Com esse problema da Liana estou lendo bastante sobre alergia em bebês e descobri que alergia ao leite materno é comum, mas não é regra de forma alguma. O que é recomendado é que a mãe coma normalmente, só evite mesmo cafeína na sua dieta, para não atrapalhar o sono do bebê. E, claro, bebidas alcoólicas também devem ser evitadas. Se o bebê apresentar alergia é importante descobrir que alimento está causando o problema. Os mais comuns são leite, glúten, milho, nozes e soja. Mas também pode ser outra coisa, como carne vermelha ou frutos do mar. E o que causa a alergia no caso do leite por exemplo, não é a lactose, como muita gente diz, e sim a proteína do leite. Então se a alergia no bebê tiver sendo causada pelo leite que a mãe consome, não adianta ela tomar leite sem lactose, porque mesmo sem lactose o leite ainda tem proteína. E depois que a criança começar a comer sólidos ela não necessariamente será alérgica a algum alimento. No caso da Liana, por exemplo, ela é alérgica a algum componente do meu leite quando eu como glúten, mas isso não significa que ela será alérgica ao glúten quando ela começar a comer sólidos.

Isso acontece muitas vezes porque antes dos 6 meses de idade o sistema digestivo do bebê ainda é muito imaturo, e muitas vezes depois de um tempo essa alergia pode acabar. Mas quando começamos a dar comida pro bebê devemos ter muito cuidado e alguns alimentos que são muito alergênicos, como nozes e glúten, não devem ser oferecidos no início. Muitas pessoas que tem alergia a glúten quando adultos provavelmente tem esse problema por terem começado a comer esse alimento muito cedo. O glúten está presente no trigo. Tudo que tem farinha de trigo tem glúten.

Espero em breve passar aqui para dar mais notícias. E tomara que sejam boas!

19 comentários:

  1. Poxa, Rita! Alergia é um negócio chato. Mas que bom que você soube identificar rápido. Quando vier para o Brasil, Passe na loja Mundo Verde que lá são vendidos vários produtos gluten free: pão, macarrão, farinhas etc.
    Bjão pra vcs!!

    ResponderExcluir
  2. Ô meu Deus!
    Por que tantas aventuras?? Já não bastam nossas confusões maternas?
    Que tudo fique bem logo!

    Bjao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! E bota confusão nisso... Mas vamos melhorar sim!

      Excluir
  3. Oi Rita, olha, a gente fica angustiada, mas o bom é que tudo passa. Aqui em casa o Serginho está com 1 ano e agora comecei a entender isso kk boa sorte
    Fabi Fontainha
    www.mamaepratica.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fabi! Passa sim, eu já to aprendendo isso também!

      Excluir
  4. Oi Rita, minha sobrinha sofria bastante com alergia e a mãe e a pediatra achavam que eram alguma coisa ela comia. Cortaram bastante coisa e não resolveu. Na verdade ela tinha alergia do sabão em pó que a minha cunhada usava pra lavar as roupinhas dela. Trocou por sabão de coco e resolveu o problema.

    Melhoras pra Liana.

    Bjs!

    http://deliriosdeumamaedeprimeiraviagem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kell! Caramba, que bom que sua cunhada descobriu que era só o sabão! Aqui sempre uso sabão de coco pra lavar as roupas dela à mão e as de máquina uso um próprio pra bebê, hipoalergênico e sem cheiro.

      Excluir
  5. Nossa, não sabia dessas coisas de alergia ao leite materno, obrigada por nos informar, vou ficar atenta a isso quando o meu bebê nascer.
    Bjus***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thalita, tomara que seu bebê não tenha alergia! Mas é sempre bom saber mesmo. Beijos!

      Excluir
  6. Rita! Há quanto tempo não entro aqui - e em nenhum outro blog! A vida estava tão corrida que mal tinha tempo pra cuidar de mim!

    Estou me atualizando e desejando que fique tudo 100% por aí!

    Voltei a escrever e a acompanhar as histórias que tanto adoro!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Pati, faz tempo mesmo! Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  7. Espero q com a dieta tudo de certo para vc continuar dando leite materno bjs!

    ResponderExcluir
  8. Rita, além da loja Mundo Verde, muitos mercados tem produtos gluten Free, o preço não é muito agradável e não tem muitas opções, mas já tem alguma coisa pelo menos!
    Boa sorte com a pequena!!
    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pri! Muito obrigada pela dica, valeu!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  9. Olá!sou nova por aqui e passei pra visitar seu cantinho!!se puder me siga e acompanhe minha jornada tbm!bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luh! Obrigada pela visita, seja bem vinda!

      Excluir

Leu? O que achou? Deixe aqui seu comentário, que logo eu respondo. Para ver a resposta não se esqueça de marcar o quadradinho Notifique-me, em baixo.